Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
27/06/17 às 19h30 - Atualizado em 1/11/18 às 11h40

Condutor flagrado 10 vezes alcoolizado é preso por dirigir suspenso

Operação Pontos para a Vida já autuou 119 motoristas com a CNH suspensa ou cassada

(Brasília, 27/06/2017) – Na manhã desta terça-feira (27/06), o Detran realizou mais uma ação da Operação Pontos para a Vida. Os agentes flagraram um condutor dirigindo com a habilitação suspensa, no Guará. O motociclista, de 37 anos, está suspenso desde março deste ano. No prontuário do condutor consta que ele já foi autuado dez vezes por dirigir após a ingestão de bebida alcoólica e, mesmo com a CNH suspensa, acumula 31 pontos por infrações diversas.

Os agentes de trânsito autuaram o condutor e o levaram para a 1° Delegacia de Polícia da Asa Sul. De acordo com o art. 307 do Código de Trânsito Brasileiro, a violação da suspensão ou da cassação da habilitação configura crime de trânsito. No âmbito administrativo, além de receber multa de R$ 880,41 e ter a motocicleta removida ao depósito, o condutor também responderá ao processo de cassação da CNH. Nesse caso, só poderá conduzir veículo após dois anos, sendo obrigatório realizar todo o processo de habilitação novamente.

Pontos para a Vida
A Operação Pontos para a Vida é uma iniciativa do Detran que consiste em retirar das vias os condutores suspensos ou cassados que continuam dirigindo. A partir dos pontos registrados na CNH dos infratores flagrados na Operação, é produzido o Placar Pontos para a Vida, que demonstra a importância de se retirar das vias os motoristas que põem em risco a segurança dos pedestres e demais condutores.

Em dois meses de ações, o Detran já retirou das vias 119 infratores, sendo 114 suspensos e cinco cassados, que somam juntos 4.425 pontos relativos a infrações de trânsito.

Departamento de Trânsito do Distrito Federal - Governo do Distrito Federal

DETRAN

SAM Lote A Bloco B - Edifício Sede do Detran/DF CEP 70.620-000 Central de Atendimento ao Cidadão: 154 (para quem está no DF) ou (61) 3120-9800 (para quem está fora do DF)