Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
8/08/17 às 13h38 - Atualizado em 1/11/18 às 11h40

Dia Mundial do Pedestre é comemorado com blitz educativa

Mensagem da ação foca respeito ao pedestre e regras para travessia segura

(Brasília, 08/08/2017) – Nesta terça-feira (8), as equipes de educação de trânsito do Detran/DF amanheceram nas ruas realizando atividades educativas em comemoração ao Dia Mundial do Pedestre. Uma das equipes esteve em frente ao Centro Educacional Gisno, na Asa Norte, desde as 6h45 abordando pedestres e condutores para reforçar as mensagens de respeito ao pedestre e os cuidados para uma travessia segura.

“O Dia Mundial do Pedestre é hoje, mas o cuidado com a vida no trânsito deve ser diário. Todos os dias nossas equipes trabalham para levar educação de trânsito à população do DF”, afirmou o diretor-geral do Detran, Silvain Fonseca.

Ele ainda lembrou que o trabalho conjunto da educação, engenharia e fiscalização de trânsito tem resultado na redução de quase 40% das mortes de pedestres. “Já conseguimos reduzir bastante as mortes no trânsito, principalmente de pedestres. Mas nossa meta é reduzir cada vez mais e, para isso, contamos com a conscientização da população para que juntos possamos construir um trânsito mais seguro”.

Outros locais de grande movimentação de pedestres e veículos também foram escolhidos para receber a ação. Das 6h45 às 8h30, houve blitz educativa no Centro Educacional 07, de Ceilândia Norte; das 9h às 11h, no comércio da EQNN 17/19, em Ceilândia Norte; e das 11h30 às 14h, novamente no Centro Educacional 07.

Redução de mortes
As estatísticas de trânsito mostram uma queda 37,6% no número de pedestres mortos em acidente de trânsito nas vias do DF. De janeiro a julho, 48 pessoas morreram atropeladas, contra 77 mortes ocorridas no mesmo período do ano passado.

Na faixa, a redução foi ainda maior: em 2016, de janeiro a julho, houve quatro por atropelamento na faixa, enquanto no mesmo período deste ano, uma morte foi registrada, representando uma redução de 75%.

De 1997 – quando foi adotado o respeito à faixa de pedestre – a julho deste ano, morreram no DF 8.831 pessoas vítimas de acidente de trânsito. Dessas, 33% foram mortas por atropelamento, ou seja, 2.930 pessoas, sendo 101 em faixa de pedestre. Isso representa 3,4% dos pedestres mortos nos últimos 20 anos.

Desrespeito é fiscalizado
Conforme o Código de Trânsito Brasileiro, deixar de dar preferência de passagem ao pedestre e a veículo não motorizado é infração gravíssima, penalizada com multa de R$ 293,47 e sete pontos na carteira. Em todo o ano de 2016, foram registradas 7.951 autuações em faixas de pedestre. De janeiro a julho, deste ano, já são 5.391 multas.

Departamento de Trânsito do Distrito Federal - Governo do Distrito Federal

DETRAN

SAM Lote A Bloco B - Edifício Sede do Detran/DF CEP 70.620-000 Central de Atendimento ao Cidadão: 154 (para quem está no DF) ou (61) 3120-9800 (para quem está fora do DF)