Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
10/11/20 às 12h59 - Atualizado em 10/11/20 às 14h49

Governo regulamenta Programa Habilitação Social

Expectativa é beneficiar, anualmente, cerca de 7.000 pessoas de baixa renda com idade acima de 18 anos

 

Zélia Ferreira

 

(Brasília – 10/11/2020) – O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, assinou, na manhã desta terça-feira (10), em cerimônia no Palácio do Buriti, o decreto que regulamenta a Lei nº 6.613, de 02 de junho de 2020, que instituiu o Programa de Habilitação Social, destinado a pessoas de baixa renda, no âmbito do Distrito Federal.

 

O objetivo do programa é possibilitar a formação, qualificação e habilitação profissional de condutores de veículos automotores, por meio da oferta gratuita de todo o processo de obtenção da primeira Carteira Nacional de Habilitação – CNH nas categorias A ou B, adição de categoria A ou B, alteração para as categorias C, D ou E, renovação e troca pela habilitação definitiva.

 

De acordo com o decreto, a quantidade de vagas e a forma de distribuição serão definidas anualmente pelo Departamento de Trânsito do Distrito Federal, conforme a disponibilidade orçamentária e financeira. “O caráter social desse programa é algo fenomenal, pois vamos permitir que pessoas de baixa renda realizem um sonho antes impossível, além de reduzir a desigualdade social por meio da ampliação das oportunidades de trabalho e renda. Anualmente, vamos investir entre R$ 5 e 6 milhões, podendo chegar até  R$ 10 milhões nesse programa, beneficiando cerca de 7.000 pessoas”, destaca o diretor-geral do Detran, Zélio Maia.

 

A CNH Social ainda vai fomentar a economia e a renda de todos os setores envolvidos no processo de habilitação, como as autoescolas, clínicas, laboratórios toxicológicos, entre outros. O beneficiário do programa deve escolher o prestador de serviço dentre aqueles credenciados pelo Detran-DF para a realização das etapas do processo de formação do condutor, exceto a formação teórica para o Projeto Estudante Habilitado, que será realizada pela Escola Pública de Trânsito.

 

Inscrições

 

As inscrições para o programa serão realizadas exclusivamente de forma eletrônica, por meio do Portal de Serviços do Detran-DF. Para se inscrever no programa, o candidato deverá estar inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal – CadÚnico.

 

Haverá reserva de 10% do total de vagas para pessoas com deficiência e 40% das inscrições serão destinadas aos beneficiários de programas sociais selecionados pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social e pela Secretaria de Estado de Justiça e Cidadania, sendo classificados conforme critérios estabelecidos por cada órgão. Os demais benefícios serão destinados ao projeto Estudante Habilitado.

 

A coordenação, o gerenciamento e a operacionalização do programa ficará a cargo do Detran, que também editará normas complementares e adequações em seus sistemas informatizados. A expectativa é que as inscrições sejam abertas em 30 dias.

Departamento de Trânsito do Distrito Federal - Governo do Distrito Federal

DETRAN

SAM Lote A Bloco B - Edifício Sede do Detran/DF CEP 70.620-000 Central de Atendimento ao Cidadão: 154 (para quem está no DF) ou (61) 3120-9800 (para quem está fora do DF)