Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal

Mais de 40% dos pedestres mortos no trânsito consumiu álcool ou drogas

O levantamento analisa apenas os exames realizados em vítimas fatais e não define a responsabilidade pelo acidente

(Brasília, 02/08/2018) – De acordo com um levantamento preliminar realizado pela Gerência de Estatísticas do Detran-DF, com base nos dados do Instituto Médico Legal (IML), das 171 vítimas fatais em acidentes de trânsito registrados no Distrito Federal em 2018, pelo menos 67 (39%) haviam consumido álcool ou droga. O estudo indica que 30 vítimas fatais haviam consumido álcool, 22 utilizaram drogas e 15 apresentaram resultado simultâneo para álcool e drogas. O levantamento analisa apenas os exames realizados em vítimas fatais e não define a responsabilidade pelo acidente.

Os dados são preliminares, mas apontam que a maior parte das vítimas, que consumiram bebida alcoólica, era pedestre. Das 45 vítimas com resultado positivo para álcool, 22, ou seja, 48% eram pedestres, nove condutores, oito motociclistas e seis passageiros. Quanto ao consumo de drogas, 37 vítimas mortas apresentaram resultado positivo, sendo 14 pedestres (37%), oito motociclistas, sete condutores e quatro ciclistas.

Pedestres e ciclistas

Considerando a análise preliminar, de janeiro a julho deste ano, 66 pedestres morreram em acidentes de trânsito, sendo que 28 (42,2%) haviam consumido álcool, drogas ou simultaneamente ambas as substâncias. Em relação aos ciclistas, o levantamento aponta 13 mortes em 2018, sendo que quatro (30%) deles tinham consumido drogas.

Apesar de não apontar a causa dos acidentes, o levantamento demonstra que o consumo de álcool ou drogas é fator de risco ao pedestre e ao ciclista. De acordo com o diretor geral do Detran-DF, Silvain Fonseca, os dados serão utilizados para subsidiar as ações do Órgão. “É importante que condutores, pedestres e ciclistas conheçam os riscos que o consumo  de bebida alcoólica ou droga pode gerar a todos que utilizam as vias públicas”, destaca Fonseca.

 Em 2017, 44% das vítimas fatais estavam alcoolizadas

No ano passado, das 257 vítimas mortas no trânsito do Distrito Federal, 113 (44%) apresentaram resultado positivo para alguma substância psicoativa. Das 75 vítimas que consumiram bebida alcoólica, 29 eram pedestres, 20 condutores, 14 motociclistas, seis ciclistas e seis passageiros. Das 68 vítimas que apresentaram consumo de drogas, 25 eram pedestres, 15 motociclistas, 11 condutores, dez passageiros e sete ciclistas.

Departamento de Trânsito do Distrito Federal - Governo do Distrito Federal

DETRAN

SAM Lote A Bloco B - Edifício Sede do Detran/DF CEP 70.620-000 Central de Atendimento ao Cidadão: 154 (para quem está no DF) ou (61) 3120-9800 (para quem está fora do DF)