Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
13/01/16 às 12h35 - Atualizado em 1/11/18 às 11h42

Mais de 80% da frota do DF foi licenciada em 2015

A falta do CRLV é responsável por 60% dos veículos apreendidos pelo Detran-DF

(Brasília 6/1/2016) – Em 2015, mais de 80% da frota do Distrito Federal foi licenciada. Esse índice superou todas as expectativas, uma vez que, tradicionalmente, a regularização anual não atinge mais de 70% dos veículos.
Atualmente, a frota registrada pelo Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) é de 1.621.409 veículos. Destes, 77.436 se encontram com restrição judicial, 136.686 são veículos de duas letras, não localizados.
Portanto, a frota em circulação é equivalente a 1.407.167 veículos. Dos quais, 1.143.643 foram licenciados em 2015. Isso equivale a 81% da frota regular. Os 19% restantes – 263.524 veículos – provavelmente estão circulando sem o CRLV, além dos que se encontram recolhidos nos depósitos do Detran.
Falta do CRLV enche depósito
Dirigir sem o licenciamento tem sido o fator responsável por 60% dos veículos apreendidos pelo Detran. Em 2015, por exemplo, dos 22.410 veículos apreendidos durante o ano, 13.542 foram por falta do CRLV. Em 2014, dos 17.774 recolhidos, 13.542 também foram apreendidos por não portarem o documento obrigatório.
Para obter o CRLV, além do pagamento da taxa de licenciamento anual, do IPVA, e do DPVAT, é necessário que o condutor quite os débitos de multas vencidas. De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro, conduzir veículo sem estar devidamente licenciado é infração gravíssima, com multa de R$ 191,54, sete pontos na carteira e remoção do veículo.
É importante ressaltar que, mesmo o veículo estando devidamente licenciado, não portar o documento também é considerado infração. Neste caso, o Código de Trânsito prevê multa de R$ 53,20 e três pontos na carteira.

Departamento de Trânsito do Distrito Federal - Governo do Distrito Federal

DETRAN

SAM Lote A Bloco B - Edifício Sede do Detran/DF CEP 70.620-000 Central de Atendimento ao Cidadão: 154 (para quem está no DF) ou (61) 3120-9800 (para quem está fora do DF)