Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
7/01/21 às 8h58 - Atualizado em 7/01/21 às 8h58

Operação Sossego completa um ano com recorde de flagrantes de irregularidades

O número de autuações por descarga livre ou silenciador inoperante triplicou em 2020; Detran vai intensificar ações de educação e de fiscalização direcionadas aos motociclistas

 

Zélia Ferreira

 

(Brasília – 7/1/2021) – Nesta sexta-feira (8), a Operação Sossego – lançada pelo Departamento de Trânsito do Distrito Federal em janeiro de 2020, com o objetivo de retirar de circulação as motocicletas com escapamento irregular que produzem barulho excessivo e poluição do ar – completa um ano e registra um número preocupante de irregularidades no trânsito.

 

Antes do lançamento da Operação Sossego, em 2019, o Detran havia autuado 726 motocicletas com escapamento alterado. Em 2020, o número de flagrantes triplicou, saltando de 726 para 2.212 motocicletas, um aumento de 204% no número motociclistas flagrados conduzindo veículo com o escapamento alterado, além de diversas outras irregularidades que colocam em risco a vida dos próprios motociclistas e de outros usuários das vias.

 

Em comemoração ao aniversário da Operação Sossego, as áreas de Educação e de Policiamento e Fiscalização de Trânsito vão realizar, nesta sexta-feira (8), ações com foco na circulação de motocicletas.

 

Educação

 

Por volta das 11h, haverá ação educativa em locais próximos aos pontos de concentração de motociclistas de aplicativo, na Asa Norte e Asa Sul. Os educadores de trânsito vão alertar quanto aos cuidados que o condutor de moto deve ter consigo mesmo e com os outros, respeitando as normas de circulação e utilizando os equipamentos obrigatórios.

 

“Em 2020, fizemos várias ações educativas com foco no tráfego de motocicletas, principalmente voltadas para aqueles que atendem por aplicativos e este ano vamos intensificar as atividades voltadas para este público, pois o alto número de flagrantes de irregularidades cometidas por motociclistas tem nos preocupado bastante. Entendemos que aqueles que trabalham com entregas precisam fazer o trajeto em curto espaço de tempo, mas eles não podem se descuidar das normas de circulação, pois são elas que garantem um trânsito mais seguro tanto para eles mesmos como para os pedestres e ciclistas que utilizam nossas vias”, destacou o diretor de Educação de Trânsito, Marcelo Granja.

 

Fiscalização

 

Ainda na sexta-feira (8), serão realizadas quatro grandes edições da Operação Sossego, em diferentes cidades do Distrito Federal. “Durante 2020, trabalhamos incansavelmente para devolver o sossego à população que sofre com o barulho excessivo dos escapamentos alterados. Devido à pandemia de Covid-19, que impôs regras de isolamento social e o fechamento de bares e restaurantes, as atividades de entrega a domicílio aumentaram significativamente e o número de flagrantes de irregularidades subiu mais de 200%. Muitos desses entregadores não são nem habilitados para conduzir motocicletas, aumentando o risco de acidentes de trânsito”, enfatizou o diretor de Policiamento e Fiscalização de Trânsito, Lúcio Lahm.

 

Durante as 35 edições da Operação Sossego, as equipes de fiscalização atuaram em diferentes pontos de bloqueios nas principais vias de Águas Claras, Sudoeste, Guará I e II, Santa Maria, Asa Norte, Asa Sul, Noroeste, Sobradinho I e II, Recanto das Emas, Samambaia, Ceilândia, Gama, Planaltina, Itapoã, Estrutural, Taguatinga, entre outras localidades.

 

De acordo com o artigo 230, inciso XI, do Código de Trânsito Brasileiro, quem for flagrado conduzindo veículo com descarga livre ou silenciador de motor de explosão defeituoso, deficiente ou inoperante, comete infração grave e é penalizado com multa de R$ 195,23 e 5 pontos na CNH, além de ter seu veículo retido para regularização.

 

Outras irregularidades

 

Além de pilotar moto com escapamento irregular, causando excesso de barulho e liberando substâncias tóxicas no ar, muitos dos motociclistas abordados não possuíam também habilitação, estavam com a Carteira Nacional de Habilitação vencida, eram habilitados em categoria diferente do veículo conduzido ou estavam com o direito de dirigir cassado ou suspenso. Os agentes ainda flagraram outras irregularidades durante as edições da Operação Sossego: condutor alcoolizado, veículo não licenciado e transitar em calçadas.

Departamento de Trânsito - Governo do Distrito Federal

DETRAN-DF

SAM Lote A Bloco B - Edifício Sede do Detran/DF CEP 70.620-000 Central de Atendimento ao Cidadão: 154 (para quem está no DF) ou (61) 3120-9800 (para quem está fora do DF)